domingo, 18 de junho de 2017

"Mulher Maravilha" não é feminista, é bom e nada mais que isso


O grande mérito do filme fica com a diretora Patty Jenkins, os cenários, paleta de cor e a edição mais cinza.  A escalação dos protagonistas do filme é uma negação, colocar Gal Gadot e Chris Pine  no mesmo filme, dois atores inexpressivos que tiveram muitas oportunidades no cinema mais nunca se destacaram em seus papéis, principalmente o Pine.

As atuações de Robrin Wright, como Antíope e Connie Nielsen, como Hipólita salvam as cenas iniciais que são simplesmente as melhores. 

Mas vamos nos apegar a Gal Gadot.  Sinto que mulher maravilha foi um filme feito para agradar a geração empoderada, mas foi realizado de maneira preguiçosa. 

A Mulher Maravilha é uma mulher irreal mesmo. Ela não precisa ser isso ou aquilo. Ela tem quer se forte,  porque faz muito exercícios (ela treinou 10 vezes mais), luta muito e surra os malvados, usando braceletes, escudo, espada e sua força. AMAMOS.

Houve uma tentativa de comédia no filme, com piadas bem cretinas, como a do relógio, ainda na ilha  e da secretária, na câmara, realizadas pelo Steve Trevor (Chris Pine) para  a Mulher Maravilha.

A Gal Gadot tem poucas falas, menos que Chris Pine pelo que me pareceu, o filme é muito longo (2h 08min) poderia ser menor se cortasse algumas cenas do meio do filme, porque é sem  sentido, poderia ser a cena de qualquer longa metragem: de guerra, acampamento... menos da Mulher Maravilha que ficava apagada e secundária no seu próprio filme. 

Quando a gente esquece que o filme é sobre ela, surge uma cena cheia de ação... não, efeitos especiais realmente bons. Para depois voltar a uma monotonia que cansa muito. A cena final é piegas. 

Além disso, eu jurava que a Mulher Maravilha teria uma cena épica de luta com a Doutora Veneno, porém não teve.

Gal Gadot é magra demais, não tem músculo, sua interpretação é forçada, as falas saem da boca dela como se saísse de um gravador. Ela só faz pose. A própria diretora disse que não a escalaria para o papel e com razão. 

Daí pensei melhor, não é só o fato da Gal Gadot ser magra, porque temos atrizes magras que fizeram papéis INCRÍVEIS QUE AMO DEMAIS.

Milla Jovovich, Resident Evil; Angelina Jolie, Tomb Raider; Halle Berry, Mulher Gato; Jennifer Garner, Elektra; Lucy Lawless e Renee O'Connor, A Princesa Guerreira e Hilary Swank, Menina de Ouro.




O filme corre sérios riscos de ser esquecido pela falta de força da atriz. Em minha a opinião, a Mulher Maravilha seria o papel da vida para a Gina Canaro. Não era para ser empoderador e feminista? Ela seria a Mulher Maravilha perfeita. Porque depois que a vi atuando não consigo deixar de imaginar a deusa que seria neste filme (Velozes e Furiosos, Deadpool, Sangue na veia....). E eu acho que muita gente concorda comigo.


Se o filme da mulher maravilha fosse comida seria sem sal e sem tempero. 

NOTA: 4, 0

2 comentários:

  1. Olá, a sua crítica é boa, mas eu não concordo com você. Pessoalmente amei assistir o filme no cinema o ano passado. A verdade ultrapassou as minhas expectativas. Adorei esta história, por que além do bom roteiro, realmente teve um elenco decente, elemento que nem todos os filmes deste gênero tem. Eu acho que Gal Gadot fez um trabalho incrível que nos cativa. O filme Mulher Maravilha mais que filme de ação, é um filme de suspense, todo o tempo tem a sua atenção e você fica preso no sofá. Realmente é impressionante o trabalho de produção. A verdade é uma historia que vale a pena ver.

    ResponderExcluir
  2. Vi este filme por que amo aos atores que participam nele. doro os filmes de ação! Mulher Maravilha é um dos melhores filmes que estreou o ano passado. É uma história sobre sacrifício, empoderamento feminino e um sutil lembrete para nós, humanos, do que somos capazes de fazer uns com os outros. O ritmo é bom e consegue nos prender desde o princípio. É um dos melhores filmes da DC eu amo! Gostaria que vocês vissem pelos os seus próprios olhos, se ainda não viram, deveriam e se já viram, revivam a emoção que sentiram. Eu gosto da forma em que ela esta contada, faz a historia muito mais interessante. Gal Gadot é ótima porque mostrou com perfeição a jornada de uma deusa, uma guerreira e uma mulher. Eu recomendo!

    ResponderExcluir

Youtube

Facebook

Pinterest

Instagram