sexta-feira, 6 de dezembro de 2019

Resenha crítica "Espíritos: A morte está ao seu lado" ("Shutter"), de 2004


Sinopse:

Depois de atropelar uma jovem, Jane e seu namorado fotógrafo começam a ver uma figura sombria em suas fotos. Preocupada, Jane pesquisa o nome da jovem, descobre que ela é uma ex-colega de Tun e desvenda um segredo chocante.

Foto divulgação
Se você é fã de filme de terror como eu, não pode perder de jeito nenhum a oportunidade de colocar em dia os "clássicos". Esses dias, com preguiça de baixar um filme legal, fui explorar o YouTube e achei "Espíritos: A morte está do seu lado". A imagem está ruim mais dá para assistir.

Ninguém faz filme de terror como os asiáticos. Este filme a história de passa na Tailândia, em duas cidades e uma delas é Bangkok, a capital, onde fica as principais universidades.

Logo de cara fica perceptível que este filme é o original que inspirou o filme americano "Imagens do Além" (2008) 

Sim, os americanos imitam descaradamente uma série de filmes asiáticos como fizeram com Old Boy, O chamado  e tantos outros.... sendo claramente o original melhor, mas a cópia não é tão ruim assim.

Voltando a resenha: A grande diferença entre a versão asiática e a americana, é a condução da narrativa. A versão asiática a narrativa é mais linear com alguns picos de sustos, e o tempo todo o filme de entrega indícios, pequenas revelações sutis para compreensão da história. Com o decorrer do filme, a fotografia e o cenário vão ficando mais escuros e mais assustador.

Foto divulgação
As atuações são medianas. O ator protagonista, Ananda Everingha, o Tun, deixa a desejar na atuação, principalmente nas cenas em que se depara com o fantasma. 

A atriz que faz a fantasma Natre (Achita Sikamana) é muito boa, sua feição, quando ainda humana, apresenta sinais de descontamento e trauma. O filme tem algumas cenas de alivio cômico e tentativa apelativas de suspense, que fica por conta do dono da loja de revelação.

Vale muito a pena assistir, porque esse filme serviu de inspiração para muitos outros, como por exemplo "Morte instantânea" de 2018

Foto divulgação
Essa coisa de espíritos em fotos, é sempre bem atrativo (assista "Sleender man: Pesadelo sem rosto"). A internet é repleta desse tipo de foto editada com monstros e aparições.

A lenda urbana de que câmeras podem captar manifestação sobrenaturais é antiga. A ideia de evolução da tecnologia e o estranhamente que causou nas pessoas que ainda estavam se adaptando a esses novos equipamentos e no processo de entender seus funcionamentos, também ajuda na criação desses mitos. 

Naquela época não tinha como editar fotos, mas podia acontecer falhas nos filmes fotográficos ou sem querer tirar uma foto sobrepostas a outra, que dava efeito de  "fantasma" na imagem. Todos esses fatores contribuíram para alimentar as lendas de espíritos nas fotos. 

Foto divulgação
Atualmente, não dá para acreditar nessas imagens. No próprio filme, aqui resenhado, mostra uma agência que cria fotos artificiais de fantasma para vender para os fanáticos por terror.

Concluo que vale a pena assistir, não é exatamente um filme aterrorizante, mas é muito interessante e desperta curiosidade. O final é inesperado. Eu fiquei com medo da primeira vez que assisti.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Youtube

Facebook

Pinterest

Instagram