segunda-feira, 6 de fevereiro de 2017

Livro: Beleza do século

FAUX, Dorothy Schefer et al. (2000). Beleza do século. Tradução Paulo Neves. São Paulo: Cosac & Naify Edições, 2000, 400p.
Capa: Valerie Naify vestindo Yves Saint Laurent
Escritoras: Nathalie Chahine, Catherine Jazdzewski, Marie-Pierre Lannelongue, Françoise Mohrt, Fabienne Rousso e Francine Vormese. 
(As fotos deste texto são todas do livro resenhado,  exceto a da Kendal Jenner)



Para estudantes de moda, de comunicação, histórias ou curiosos este livro é um achado. Quando comecei a me interessar pelo estudo da beleza, sim beleza e não estética encontrei um empecilho: poucas produções. A grande maioria é de autores estrangeiros e estão em inglês ou italiano, achar livros traduzidos, para facilitar minha pesquisa e escrita, foi difícil, tive que usar nas três línguas (inglês, português e italiano).

Entre os achados encontrei o livro “Beleza do século” (Beauté du siècle, em francês). Percebi, na prática, que a palavra “beleza” é subestimada, considerada fútil, preferi-se usar o termo “estética” por parecer mais útil e relevante. Diante das poucas produções, quase todas escritas por homens — Apesar da estética está atrelado quase inteiramente sobre a imagem das mulheres de forma negativa e positiva (é só observar pinturas, esculturas, textos e revistas de moda). 




E nesse livro vocês acompanharão a evolução e mudança da beleza durante os séculos: o vestuário, a maquiagem, o cosmético, o cabelo, a atitude, as conquistas, aparência pessoal etc.

Não é exatamente um livro acadêmico, nem se aprofunda muito em determinados assuntos, mas é um compilado de muita informação que a partir delas você pode buscar muita coisa original. E escrito por sete jornalistas mulheres. O livro é muito interessante e bonito. Dividido em seis capítulos: “A beleza através da história”, “As décadas”, “A beleza étnica”, “Os cosméticos”, “As revistas”  e os “Perfumes”,  além da “Introdução” e “Anexos”, é indiscutível que este livro me ajudou muita nas pesquisas, não com citações, mas com informações que eu desconhecia sobre moda e beleza.

O capitulo sobre beleza étnica, aborda todas as etnias africanas, europeia, latinas, orientais....

Black girl anos 30,  antes da reivindicação da negritude

Na primeira imagem a modelo do clã Kardashian, Kendal Jenner em 2015 na foto mais curtida do instagram e na segunda imagem a top modelo Jean Shrimptom, em foto com produção das badaladas irmãs Caritas, em 1968 com o cabelo por do sol. 



Infelizmente, ele está esgotado no fornecedor. Mas você encontra ele em sebos online como a Estante Virtual onde comprei o meu.  Ele é bem carinho na verdade, mas diante das poucas opções de livro que falam abertamente sobre beleza esse é um que eu gosto bastante.

O livro foi impresso numa espécie de papel couché, folha grossa, e traz ilustrações e fotografias reais, também se mostra feminista quando nos mostra grandes mulheres que fizeram diferença na história da cosmética, moda e da luta por direitos civis expondo até os preconceitos, onde a moda é a beleza são obrigados a acompanhar este ritmo. Neste livro conhecemos várias mulheres incríveis que a história pode ter escondido. 

Beijos e até a próxima

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Youtube

Facebook

Pinterest

Instagram